sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Voltamos em breve!


O gato como ele é


Viciante, charmoso e afetivo, todo gato é apaixonante. Sua personalidade e independência é mal entendida pela maioria da população, ditos racionais. Se você nunca conviveu com um gato e quer saber o que está perdendo, "O Gato Como Ele É" pode lhe dizer. Através de depoimentos de veterinários, psicólogos ou simplesmente felizes companheiros desses pequenos felinos, você vai saber um pouco mais sobre sua história, suas características e temperamento. E quem sabe, depois de compreender melhor os gatos, você já poderá ser adotado por um. E quem disse que gato é traiçoeiro é porque deixou que a ignorância tomasse conta de sua essência. Dê chance aos felinos! Pense nisso, nossa reflexão de hoje.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Preservando o Pantanal e sua biodiversidade


Com apenas quinze reais você pode fazer uma diferença no nosso meio ambiente, contribuindo para preservar o Pantanal e sua biodiversidade. O convite é do Coronel Rabelo do Instituto Pantaneiro. O avanço da degradação no Pantanal é rápido. Em pouco tempo, as mudanças no ambiente podem extinguir populações inteiras de espécies que tem no pantanal seu refugio. Se não fizermos nada agora, estas espécies poderão ser extintas ou não serão conhecidas em seu habitat pelas próximas gerações. A campanha de crowdfunding incentiva ao contribuinte a adotar hectares de terra preservando a vida animal. Quer saber mais? Entre no link da campanha e salve nossos felinos. Assista o depoimento do Coronel Rabelo abaixo. Não pode contribuir? Compartilhe o post!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Nani


Pense numa gatinha preta, com umas penugens brancas bem discretas e que seja um doce de bigoduda. Pensou? Pois é, esta é a Nani. Ela tem 6 meses e já está castrada, vermifugada e vacinada. Adoooora brincar!!!! Se o brinquedinho é pendurado, tem chocalho e peninhas, nossa, ela fica louquinha da Silva atrás dele. Agora, pra completar a felicidade plena, só falta uma casa com muita ração, amor e carinho... Ah! Pode ter comida molhadinha também. Gostou da Nani? Que tal entrar em contato conosco pelo e-mail rs.vocefeliz@gmail.com? Vamos aguardar sua visita, viu!

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Renuncie ao especismo!


Alguns defensores da ideia de especismo acreditam que animais existem para que humanos possam fazer uso deles, seja para alimentação, entretenimento ou outros fins. Além de uma visão bastante prepotente e de uma discriminação extremamente arbitrária, por traz desses instáveis argumentos existe uma completa injustiça já que se trata de uma qualidade relativa à ilegalidade ou resultados imerecidos. O ser humano não é melhor do que outro ser vivo, mas ainda assim se colocar coloca num patamar de superioridade aos demais seres sencientes. Ao renunciar o especismo estamos também defendendo a igualdade entre todos os animais humanos e não-humanos. Não são raras as pessoas que se opõem fortemente à matança de cães e gatos para consumo, mas aceitam facilmente e incluem nos seus menus porcos, vacas e galinhas. Esta diferenciação prejudica fortemente todos os animais e é injusta. Precisamos evoluir em ideias e atitudes. Está mais do que na hora de renunciarmos ao especismo. Pense nisso!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

#Dê um basta


A campanha #DeUmBasta das Aldeias Infantis SOS precisa de mais assinaturas. Eles precisam da nossa ajuda para pressionar a Secretaria Especial de Direitos Humanos para dados confiáveis sobre violência familiar, que, segundo o canal e denúncias Disque 100, vítima severamente uma criança a cada 12 minutos.

Crianças que recebem violência doméstica tornam-se adultos violentos. É essa sociedade que queremos num futuro próximo?

Como esse número não tem cruzamentos com delegacias, conselhos tutelares, escolas ou hospitais. A ONG acredita que é um dado subestimado. Desta forma, quanto mais engajamento, maior será a pressão sobre o Governo. Quem tem informação, tem poder. Quem tem poder, pode agir. Cada assinatura é importante. Assine, não se omita! Vamos juntos mudar o presente e o futuro de milhares de crianças.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Delegacia Eletrônica de Proteção Animal


Agora em São Paulo não tem chorumelas, maltratou animal, vai preso. A Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (DEPA) proporciona agilidade nas denúncias e nas averiguações de crimes contra animais e atenderá todo o estado de São Paulo por meio do link www.ssp.sp.gov.br/depa. Quem maltrata, fere ou mata um animal não pode ficar sem punição. Qualquer pessoa poderá fazer, pela internet, denúncias de maus-tratos a animais, inclusive postando fotos e vídeos e apontando testemunhas. O sistema passa o caso à delegacia responsável, que tomará as providências necessárias e precisa dar um retorno em até 10 dias. Importante dizer que se você presenciar um ato de crueldade grave, que requeira a interrupção do ato para salvar um animal da morte ou de um sofrimento maior a Policia Militar precisa ser acionada imediatamente pelo telefone 190. Contudo, quando se tratar de fato já consumado ou de ação de maus-tratos contínuos e que não requeira um ato repressivo, se utiliza o instrumento do Boletim de Ocorrência nas delegacias – e são estas denúncias que a DEPA facilita. Na Delegacia Eletrônica de Proteção Animal, após o preenchimento dos dados pessoais, existe até a opção do nome do denunciante ficar no anonimato. O portal também servirá para traçar um mapa estadual da criminalidade contra os animais, elaborando diretrizes para coibir os maus-tratos, punindo de modo exemplar quem comete esses crimes, contribuindo assim, para a diminuição da impunidade. Não deixe que os animais sejam mais vítimas de seres cruéis, denuncie! A sociedade não pode mais retroagir com referência a este assunto, tem que evoluir. A denuncia é necessária para àqueles que não tem voz.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Como sobreviver ao frio?


ACNUR, a Agência da ONU para Refugiados, além de ser uma voz na ajuda aos refugiados, salva vidas enquanto ainda é tempoO inverno em países como Síria e Jordânia é uma época cruel, especialmente para crianças refugiadas. Muitas não possuem roupa adequada e nem abrigo para enfrentar o clima gelado nessas regiões. Os campos de refugiados se enchem de neve e a situação se torna precária. Nós não podemos controlar o quão impiedoso o frio será nesse inverno. Mas, com sua ajuda, conseguimos garantir que essas crianças não morram com as dramáticas temperaturas. Toda doação transformará a vida de famílias e crianças que estão prestes a entrar no inverno, fornecendo abrigo, cobertores, comida e água para que elas consigam sobreviver até que as temperaturas voltem a subir. Que tal ajudar nossos irmãos que, além do frio, foge da guerra?

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Renuncie ao especismo!


Os humanos pertencem ao grupo animal e, como animais, temos interesses e necessidades próprias. Estas emoções e necessidades não ocorrem apenas com os humanos, elas acontecem independentemente da espécie à qual pertencemos, no entanto os humanos fazem uma grande diferença entre si e os outros animais. Os interesses dos humanos prevalecem sempre em detrimento dos interesses dos animais não-humanos. Será que nos falta um olhar apurado ao próximo? Além disso, existe a falta de empatia que temos com as outras espécies. Durante décadas exploramos e escravizamos outros humanos apenas pela diferença na cor de pele. Hoje exploramos e escravizamos outros animais apenas porque são diferentes e não sentimos empatia com eles. O especismo deve ser abolido pela capacidade que cada indivíduo vivo tem de sentir, sofrer, desfrutar emoções e de sentir necessidades próprias. Todos os animais devem ser respeitados, pois todos têm a capacidade de sofrer e de se sentirem afetados pelos atos que são feitos contra eles. Um animal chora, sente dor, sofre, sente prazer e felicidade. Isso já foi mais do que comprovado pela ciência. Precisamos evoluir em ideias e atitudes. Está mais do que na hora de renunciarmos ao especismo. Pense nisso!

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Bibi


Oi pessoal, a gata Bibi tem em torno de 1 ano de idade e já foi castrada, vacinada e vermifugada. Está prontinha para adoção! Ela é quietinha, de olhar meigo e tem estirpe. Quem adotá-la terá direito a lambidinhas e tudo. Ela é a companhia perfeita para todos os dias. Basta entrar em contato conosco pelo e-mail rs.vocefeliz@gmail.com. Se não puder adotar, ajude-nos divulgando este post. Compartilhe! Espalhe ternura pelo mundo, pois todo mundo sabe que amor gera amor. Contamos com vocês nesta divulgação.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Quintais verdes


E que tal começarmos a semana investindo em saúde e educação para as crianças do Município de Alto Paraíso de Goiás? Localizado na Chapada dos Veadeiros, a qual é reconhecida pela UNESCO como Sitio do Patrimônio Natural Mundial, o local de enorme relevância para o equilíbrio ecológico e berço das águas é também considerada HOT SPOT internacional cada vez mais em destaque por suas riquezas naturais e pelo alto potencial de desenvolvimento turístico. No entanto, o contexto social apresenta carências e defasagens, oferecendo baixos índices de desenvolvimento humano, com muita desigualdade social, econômica, cultural e educativa. O Instituto Oca Brasil é uma instituição sem fins lucrativos, direcionada à Conservação Ambiental e a Ecologia Humana priorizando ações nas áreas da Saúde, da Educação e do Meio Ambiente. Eles criaram o Programa Quintais Verdes. Uma iniciativa socioeducativa que prioriza crianças em situação de risco e vulnerabilidade social. As atividades são realizadas duas vezes por semana, as terças e quintas–feira, atendendo atualmente 40 crianças no contra turno escolar. As oficinas culturais permeadas pelo elemento artístico se distribuem em artes integradas, artes corporais, práticas ecológicas, alimentação sustentável e não violenta, educação sanitária e higiênica, atividades lúdicas, artes, teatro, música e jogos. Um lindo projeto! Assista o vídeo, se inspire e colabore. Compartilhe nosso post do bem para que outras pessoas possam saber e contribuir com a causa!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Princesa


Essa daqui é a Princesa. Tricolor, barriguda e bem peluda. Extremamente carinhosa e cativante. Adora dormir e ser mimada... Ah! Isso daí ela não rejeita. Ela quer uma família adotiva que lhe dê muito carinho, ração, amor e dedicação. Alguém de bom coração se habilita? Manda um e-mail para o rs.vocefeliz@gmail.com. Ah! Ela já está castrada, vacinada e vermifugada. Se não puder adotá-la, que tal compartilhar este post para conseguirmos um lar para esta pequena Princesa?

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Renuncie ao especismo!


A discriminação especista pressupõe que os interesses de um individuo são de menor importância pelo mero fato de se pertencer a uma determinada espécie. O especismo elitista é o preconceito para com todas as espécies que não a humana. Já o especismo eletivo é aquele que escolhe alguma(s) espécie(s) em particular como alvo desta sórdida discriminação. Algumas pessoas podem acreditar que nunca deva se tirar uma vida de um cão e gato, mas ao mesmo tempo podem ignorar o direito à vida de um boi ou um porco, se alimentando destes. O especismo não é diferente do racismo, do sexismo, da homofobia ou da xenofobia. Todas as discriminações assentam em preconceitos e resultam em opressão e violência. Todas as discriminações são um ataque à justiça e todas elas devem ser igualmente rejeitadas. Quem defende a justiça não deve opor-se apenas a algumas discriminações. Deve opor-se a todas, incluindo o especismo. Precisamos evoluir em ideias e atitudes. Está mais do que na hora de renunciarmos ao especismo. Pense nisso!

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Poesia com rapadura

Poeta desde os 14 anos, Bráulio Bessa usou a internet para promover um verdadeiro resgate da literatura de cordel. Sua poesia é propagada para um número incalculável de pessoas através do programa Encontro com Fátima Bernardes, da TV Globo, onde integra o elenco fixo e encanta no quadro "Poesia com rapadura". Selecionamos o vídeo abaixo que fala sobre os cães, pois tem tudo a ver com o que acreditamos e com as causas animais que lutamos diariamente. O poema que Bráulio recita é de Antonio Francisco de Mossoró e vale à pena ter todo carinho para ouvi-lo. Nós adoramos! Amigos simpatizantes, esperamos que também gostem. E se gostarem, compartilhem! O mundo precisa de mais poesias encantadoras e sensíveis como esta.

video

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Abrigo Cristo Redentor - RJ


Ainda faltam mais de 2 mil assinaturas para acabar com o descaso do governo do Rio de Janeiro com os idosos do Abrigo Cristo Redentor. O abrigo passa por sérios problemas e os funcionários não recebem apoio do Poder Público. Faltam alimentos, medicamentos, materiais tanto pessoais quanto de higiene, além de os salários estarem atrasados faz meses. A equipe tem feito o que pode, mas a falta de recursos, obviamente, dificulta o tratamento dos idosos. O Abrigo Cristo Redentor, além de lar de vovôs e vovós, também é um centro de tratamento e reabilitação de idosos. O Jefferson Almeida criou uma petição, pois, segundo ele, eles estão “pedindo ajuda há anos, e a cada dia que passa, torna-se mais difícil, pois não recebemos retorno positivo. O caso já passou diversas vezes nos telejornais e jornais, porém até agora pouco foi feito pelo governo e pela Prefeitura de São Gonçalo”. Acreditamos que é mais do que na hora de toda a sociedade brasileira se pronunciar e não permitir que estes descasos com os idosos continuem acontecendo em nosso país. Se você compartilha deste pensamento, assine a petição e divulgue-a compartilhando este post com todos os seus conhecidos e circulo de amigos e familiares. Contamos com sua sensibilidade para este caso!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Não matarás


Ainda dando sequência ao papel de incentivar um pensamento acerca de temas que merecem nossa reflexão, desta vez estamos trazendo à tona a questão da experimentação animal (uso de animais no ensino e na pesquisa) através do documentário "Não Matarás", produzido em 2006 pelo Instituto Nina Rosa - projetos por amor à vida. Pensemos: com a tecnologia que temos atualmente, matar animais para educação e experimentos é retrogrado? O cientista, dito ser humano, precisa ser frio em prol da ciência? Não ter sentimentos é o ideal? Não aprender compaixão é normal? Que tipo de critério é esse? Até quando casos como o da talidomida continuarão a acontecer? Os testes põe em risco a sua saúde e ceifam a vida  de milhões de animais são justificáveis? O tema principal deste documentário é um olhar abrangente sobre o sistema que mata mais do que salva. O uso de animais no ensino, o medo dos estudantes em expressar sua rejeição a esses métodos cruéis, a continuidade de um pensamento acadêmico já ultrapassado. Filósofos, cientistas e ativistas revelam o que é mantido em segredo. Depois de saber, você possivelmente não será mais o mesmo.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Renuncie ao especismo!


Como Darwin afirmou já no século XIX, partilhamos com os outros animais a mesma natureza e não existe nenhuma diferença fundamental entre nós. Há muitos humanos que possuem faculdades mentais inferiores, por exemplo, às dos porcos e das vacas que rotineiramente exploramos. Contudo, ninguém defende que se utilizem esses humanos como cobaias científicas ou como doadores forçados de órgãos. Ninguém o defende, porque não importa se alguém é muito ou pouco inteligente para respeitarmos esse alguém. Tudo o que importa é saber que esse ser vivo tem consciência daquilo que se passa e quer viver a sua vida livre de sofrimento. E isso se aplica não só aos animais humanos, mas também aos animais não-humanos. Precisamos evoluir em ideias e atitudes. Está mais do que na hora de renunciarmos ao especismo. Pense nisso!


quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Chica


Essa é a Chica e está doida para ser adotada! Chica é uma mãe zelosa e é capaz de adotar outros de sua espécie que precisem de carinho ou de uma mãe que as defendam. Ela adora brincar e pentear cabelo. Ah! É bom lembrar que a pequena Chica já está castrada, vermifugada e vacinada. Extremamente dócil, ela adora lamber suas crias. Com certeza, irá dar umas lambidinhas bem gostosas em quem adotá-la. Chica reza todos os dias para Papai do Céu conseguir um lar para ela e para todos os amigos felinos. Você bem que podia ajudar a concretizar o sonho de Chica, não é? Se candidata por ela, vai! Entra em contato conosco pelo rs.vocefeliz@gmail.com.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Ser-tão sem fronteiras


Achamos um projeto de inclusão social que vale à pena apoiar. Intitulado “Ser-tão sem fronteiras”, o projeto tem o objetivo de apoiar jornadas de descobertas, autonomia e transformação para jovens rurais com sonhos grandes para suas comunidades. A primeira meta deste crowdfunding do bem foi batida e o projeto será realizado, mas a arrecadação continua até sexta-feira, dia 06/01/2017 para que eles consigam bater a segunda meta. Apóie iniciativas prósperas, comece o ano apostando em transformações de jovens. Assista o vídeo da campanha para entendê-la. 

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

A Cobaia


A partir de agora, além de nossas campanhas, iremos sempre trazer para vocês, amigos simpatizantes, temas relevantes em nossa sociedade apenas para que reflitam sobre ele e como você, em sua individualidade, irá agir perante os fatos. Com duração de 29 minutos, o documentário "A Cobaia" (2015) trata da questão do uso de animais no ensino e na pesquisa, também chamada de "experimentação animal". Convidamos a assistir ao documentário e refletir sobre as questões éticas e científicas relacionadas à experimentação animal.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

#DeUmBasta


A campanha #DeUmBasta das Aldeias Infantis SOS precisa de mais assinaturas. Eles precisam da nossa ajuda para pressionar a Secretaria Especial de Direitos Humanos para dados confiáveis sobre violência familiar, que, segundo o canal e denúncias Disque 100, vítima severamente uma criança a cada 12 minutos.

Crianças que recebem violência doméstica tornam-se adultos violentos. É essa sociedade que queremos num futuro próximo?

Como esse número não tem cruzamentos com delegacias, conselhos tutelares, escolas ou hospitais. A ONG acredita que é um dado subestimado. Desta forma, quanto mais engajamento, maior será a pressão sobre o Governo. Quem tem informação, tem poder. Quem tem poder, pode agir. Cada assinatura é importante. Assine, não se omita! Vamos juntos mudar o presente e o futuro de milhares de crianças.